SP: Bolsa Do Povo Empreendedor Paga R$ 1.000 A Quem É MEI Ou Quer Se Tornar

 

Benefício integrante do Bolsa do Povo SP, o Bolsa Empreendedor foi criado para apoiar os empreendedores que se encontram entre os grupos mais afetados no período da pandemia.

O programa foi lançado no dia 10 de setembro e ajudará os autônomos informais em situação de vulnerabilidade, desempregados e Microempreendedores Individuais (MEIs). Para quem quer abrir uma MEI, ter um pequeno negócio ou se formalizar e crescer, o Bolsa Empreendedor é um excelente benefício.

A ação está estruturada em três pilares de oferta aos cidadãos: curso de qualificação empreendedora, formalização (MEI) e bolsa-auxílio de R$ 1.000, dividido em duas parcelas de R$ 500.

O programa é destinado a todas as pessoas desempregadas, informais ou que já são MEIS, porém, a prioridade das vagas são para mulheres, pretas, pardas ou indígenas, jovens de 18 a 35 anos e pessoas com deficiência.

Quem pode participar do Bolsa Empreendedor?

  • Alfabetizados
  • Maiores de 18 anos
  • Desempregados ou MEI
  • Morador do Estado de SP

Calendário do Bolsa do Povo Empreendedor

  • Para o curso de empreendedorismo realizado entre 18/10/2021 e 22/10/2021, a previsão de pagamento da primeira parcela da sua bolsa-auxílio é em 23/11/2021. Para receber a primeira parcela é necessário ter cumprido os requisitos de frequência no curso e formalização via MEI.
  • Para o curso de empreendedorismo realizado entre 08/11/2021 e 12/11/2021, a previsão de pagamento da primeira parcela da sua bolsa-auxílio é em 10/12/2021. Para receber a primeira parcela é necessário ter cumprido os requisitos de frequência no curso e formalização via MEI.
  • Após as duas primeiras etapas do programa (curso de empreendedorismo e formalização), para receber o bolsa-auxílio, o cidadão precisa acessar seu voucher na “área do beneficiário” do site do Bolsa do Povo.

Cadastro no Bolsa do Povo Empreendedor

As inscrições para o programa vão de 19 de novembro a 3 de janeiro de 2022 e, para se inscrever, bastar acessar o site e preencher um cadastro.

Em caso de dúvidas o beneficiário poderá entrar em contato na Central de Atendimento no telefone 0800 7979 800 (segunda a sexta, das 8h às 18h com atendimento eletrônico de 24h), pelo Whatsapp (11) 98714-2645. Poderá também acessar o site www.bolsadopovo.sp.gov.br ou entrar em contato com o Sebrae no telefone 0800 570 0800.

Como funciona o Bolsa Empreendedor?

  1. Inscreva-se no programa através do www.bolsadopovo.sp.gov.br
  2. O cidadão receberá uma mensagem do governo sobre a provação do cadastro via sms ou e-mail;
  3. Após a confirmação da aprovação, o usuário receberá outra mensagem, dessa vez do Sebrae, através de sms ou e-mail com informações sobre o local de seu curso que poderá ser online ou presencial;
  4. O cidadão precisará realizar o curso de formação empreendedora no Sebrae que terá turmas presenciais com 20 horas de curso, ou online com 10 horas de curso, durante uma semana de segunda a sexta;
  5. Durante o curso o participante receberá informações e apoio para a formalização do negócio e abertura do MEI;
  6. Caso o participante não seja MEI, terá até dois dias após a finalização do curso para abrir ou poderá realizar a abertura durante o curso;
  7. Concluindo o curso o cidadão receberá a bolsa de R$ 1,000, dividida em duas parcelas de R$ 500

Siga nossa página no Google News e receba mais notícias sobre o Bolsa do Povo SP e outros benefícios sociais

Fonte: noticiasdemogi.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *