Conheça os 10 principais players do varejo online

A atual situação econômica do Brasil tem transformado cada vez mais as formas de trabalho e refletido consequentemente no crescimento dos marketplaces – plataformas que abrem espaço para as pequenas e médias empresas venderem seus produtos junto aos seus catálogos. De acordo a edição de agosto do Data Stories, conteúdo mensal produzido pela Kantar IBOPE Media, essas plataformas já fazem parte dos 10 sites de varejo mais acessados do País. Confira no ranking:

 

Fonte: Kantar IBOPE Media | Target Group Index | BR TG 2021 R1 e BrY17w1 (Ago15-Jan16)

Ou seja, se nos últimos cinco anos o número de  autônomos cresceu 59%, com a pandemia muitos profissionais estão buscando empreender ou ter novas formas de renda, tendo a tecnologia como uma das ferramentas para isso. Mas como anda a aderência desses marketplaces por parte dos consumidores?

O valor da marca

Segundo a pesquisa, a segurança em realizar as transações pela internet ainda é uma barreira para a expansão do comércio eletrônico no Brasil. Portanto, a reputação dos varejistas neste quesito é essencial para conquistar o consumidor, afinal apenas 39% dos consumidores digitais acreditam que as transações online são seguras, enquanto 61% afirmam que “ao comprar pela internet é importante acessar apenas as marcas conhecidas”.

Deve ser por essas razões que os grandes marketplaces do país se mantêm no topo do ranking:
Os 10 principais players do varejo online no Brasil*

 

Fonte: Target Group Index Clickstream
*As 10 marcas foram selecionadas de acordo com a quantidade de acessos captadas pela solução

A Kantar IBOPE Media analisou o comportamento dos consumidores dos 10 principais players de varejo online no Brasil que possuem algum tipo de marketplace. E conforme os dados, cerca de 52% das pessoas acessaram pelo menos um desses sites no último mês. Entre eles, quatro têm suas marcas em lojas físicas e os outros seis são completamente digitais.

A importância da publicidade

O levantamento constatou também que a reputação de um site é fundamental para a realização da compra e isso passa pela publicidade que ele veicula. De acordo com a análise, 45% das pessoas que acessaram os sites de varejo afirmam ser influenciadas por propagandas.

Então, não foi por acaso que os maiores marketplaces do Brasil intensificaram, por exemplo, os investimentos em campanhas publicitárias. No primeiro semestre de 2021, esse montante cresceu 13% comparado ao mesmo período do ano anterior. Os recursos foram destinados, principalmente, à mídia digital, além dos anúncios em TV aberta (31%) e o merchandising televisivo (8%).

Outros tipos de influência

A opinião também ajuda a garantir a segurança de uma transação online: 49% dos consumidores desses sites afirmam que outras pessoas pedem o seu parecer antes de comprar algum produto.

Portanto, conferir as impressões de outros consumidores também gera confiança: 34% dos internautas dão a sua opinião a respeito dos produtos que compraram. Os itens que o público desses marketplaces mais comentam na internet dizem respeito a roupas (25%), alimentos (22%) e celulares (19%).

Fonte: supervarejo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *